A DOR QUE MACHUCA É A DOR QUE ENSINA.

POR MAIS QUE CHORES E SOFRAS SEMPRE HAVERÁ UMA SAÍDA.

O TEMPO MUDA AS PESSOAS, MAS AS PESSOAS MUDAM COM O TEMPO.


ELMAR - O CONSELHEIRO CERTO PARA AS HORAS INCERTAS.


13/01/2015

CUIDE AO FALAR COM TANTA FRANQUEZA...

obra de Edward Hopper


Falar a verdade, muitas vezes, pode estar fundamentado na própria necessidade de desabafar, de jogar para fora o que está nos incomodando, em vez de favorecer o crescimento. Todos nós temos a liberdade de falar o que pensamos e sentimos. No entanto, falar abertamente, na fraqueza dos nossos sentimentos a respeito de alguma coisa, muitas vezes, pode causar um efeito contrário ao pretendido.

A “verdade” que procuramos cultivar como virtude poderá ser classificada como uma atitude de grosseria ou parecer como um terrível ato de má educação no conceito da outra pessoa.

Todos nós temos o direito de expressar nossos sentimentos sobre um fato, porém, isso poderá resultar em situações pouco salutares aos nossos relacionamentos, principalmente quando faltarem a  sabedoria e o discernimento para identificarmos “como” e o “melhor momento” de fazê-lo.

Quantas amizades, casamentos e outros tipos de relacionamentos esfriaram em função da franqueza aplicada ao modo de falar. Não é de interesse de ninguém viver mascarando seus verdadeiros pensamentos e opiniões sobre o que tem experimentado dentro do seu convívio. 

Entretanto, não nos estão reservados, com exclusividade, a situação e o momento que achamos ser  os mais apropriados para se falar. Muitas pessoas – ao viverem um acesso de descontentamento, e lançando mão do “direito” da franqueza – se permitem traduzir em palavras, com pitadas de raiva e frustração, suas impressões. 

Em outras ocasiões, enumeram uma lista de faltas sobre aquele que julgam não proceder a seu contento. Nesse momento, quase em uma posição de desafio, firmam opiniões, - e acabam expondo e diminuindo aquele a quem consideram amigo. Quais seriam os procedimentos elementares que deveríamos adotar quando estamos exercitando a liberdade de expressão? Você deve saber no seu eu mais profundo. 

                              Elmar